23-02-2018 Sexta-feira 10:39
Macau

Líquidos, Geles e Aerossóis, Artigos Proibidos e Mercadorias Perigosas

Todos os passageiros que partem do aeroporto têm de ter o cartão de embarque e os documentos de viagem prontos para inspecção pelo pessoal de segurança no momento em que entram na área das partidas. Outras medidas de segurança estão também implementadas no aeroporto. Para evitar atrasos, leia atentamente as normas relativas ao transporte de líquidos, geles e aerosóis, artigos proibidos e mercadorias perigosas e siga estas instruções quando preparar a sua bagagem. 

Todos os artigos que forem encontrados em inobservância das referidas normas serão retirados.

Para prevenir a introdução na aeronave de armas, explosivos ou artigos que possa ser utilizados para cometer actos de interferência iícita ou para evitar artigos ou substâncias que possam pôr em risco a saúde, a segurança operacional ou bens quando transportados por via aérea, são impostas aos passageiros que partem do Aeroporto Internacional de Macau (AIM) as seguintes medidas:

Líquidos, geles e aerossóis
Artigos Proibidos
Mercadorias Perigosas

Líquidos, geles e aerossóis

As seguintes medidas são implementadas  pelo Aeroporto Internacional de Macau relativamente ao transporte de líquidos, geles e aerossóis na bagagem de mão:

  1. Todos os líquidos devem ser transportados em embalagens com capacidade máxima de 100 ml (ou o equivalente em outras unidades de volume). Não são autorizados líquidos transportados em embalagens de capacidade superior a 100 ml, ainda que a embalagem se encontre apenas parcialmente cheia.

  2. As embalagens devem ser acondicionadas num saco de plástico transparente com fecho, não podendo a capacidade total exceder 1 litro. A totalidade das embalagens deve caber folgadamente no saco de plástico, o qual deve ser fechado.

  3. O saco de plástico deve ser apresentado para inspecção visual no controlo de segurança. Apenas será permitido um saco transparente por passageiro.

  4. No sentido de facilitar a inspecção de segurança nos equipamentos de raios-x, os sacos de plástico contendo embalagens com líquidos devem ser separados de outra bagagem de mão, casacos ou computadores portáteis.

Excepções:

  1. Medicamentos com receita médica, leite ou outros alimentos de bébé e dietas especiais são permitidos. Quando transporte estes tipos de artigos, o passageiro deve apresentá-los Devem ser utilizados adequados e ajustados meios de controlo da natureza desses líquidos.

  2. Líquidos podem ser adquiridos por passageiros de partida ou passageiros em trânsito quer nas lojas do aeroporto (duty free shops), quer a bordo das aeronaves, desde que estejam embalados num saco de plástico selado, que permita a fácil verificação de eventual violação e sejam acompanhados de prova de compra na data de embarque.

Artigos Proibidos

Os passageiros não podem transportar na cabina da aeronave os seguintes tipos e/ou quantidades de artigos:

  1. Armas de fogo, incluindo caçadeiras, pressões de ar, metralhadoras, armas de atordoamento, pistolas de sinalização e pistolas de alarme, imitações ou réplicas de armas de fogo, arcos e flechas;

  2. Munições, material explosivo, incluindo explosivos militares, comerciais ou artesanais, engenhos explosivos, detonadores, cartuchos de pólvora, granadas, minas ou outros artigos explosivos de origem militar, fogo de artifício, foguetes de sinalização, réplicas e imitações de materiais ou engenhos explosivos;

  3. Artigos afiados ou cortantes, feitos ou adaptados com o propósito de causar ferimentos, canivetes, facas de arremesso, estiletes, punhais, kukris, outras facas tanto reais como cerimoniais com lâminas de qualquer comprimento ou descrição, incluindo facas em estojo, kirpans, e skeandhus, navalhas abertas, bisturis, picadores de gelo, espadas, bengalas ou guarda-chuvas com espada dissumulada, arpões, pontas de lanças ou setas, ferramentas profissionais, saca-rolhas, dardos, machados, agulhas hipodérmicas (excepto se aprovadas para fins médicos), corta-unhas com lima superior a 6 centímetros de comprimento, limas aguçadas, tesouras pontiagudas, tesouras de pontas arredondadas com lâmina superior a 5 centímetros de comprimento;

  4. Soqueiras, tacos, cacetetes, manguais, paus, martelos, algemas, cordas, instrumentos utilizados em artes marciais.

Mercadorias Perigosas

São consideradas mercadorias perigosas os artigos ou substâncias que podem colocar em risco a saúde, a segurança operacional, os bens ou o ambiente quando transportados a bordo. Há muitos objectos de uso diário que são aparentemente inofensivos mas que podem ser uma ameaça para a segurança dos passageiros e tripulação quando transportados a bordo de uma aeronave; por essa razão é proibido o seu transporte por passageiros, seja na cabina do avião seja na bagagem de porão. Estas mercadorias perigosas são classificadas pela Organização da Aviação Civil Internacional em nove classes:

Classe 1 Explosivos
Classe 2 Gases
Classe 3 Líquidos inflamáveis
Classe 4 Sólidos inflamáveis; substâncias passíveis de combustão espontânea; substâncias que em contacto com água emitem gases inflamáveis
Classe 5 Substâncias oxidantes e peróxidos orgânicos
Classe 6 Substâncias tóxicas e infecciosas
Classe 7 Materiais radioactivos
Classe 8 Substâncias Corrosivas
Classe 9 Objectos perigosos variados

Normas relativas ao transporte de baterias de litio por via aérea (Wh = Watt hour = Ampere Hour x Voltage)

  1. Baterias de lítio de 100Wh (Watt/hora) ou menos devem ser transportadas na bagagem de mão (ou de cabina) e não na bagagem de porão despachada no check-in.

  2. Baterias de lítio de capacidade superior a 100 Wh, ou que forneçam energia a equipamentos de ajuda motora ou de assistência médica aos passageiros, dependem do prévio acordo da companhia aérea e das instruções subsequentes desta para transportar as baterias na bagagem de cabina ou de porão.

Para Informação mais detalhada pode consultar: 
https://www.aacm.gov.mo/images/download1/2016012414021358.pdf

Estas mercadorias perigosos têm procedimentos específicos para a embalagem e envio que estão detalhados pela Organização da Aviação Civil Internacional. Os passageiros devem estar cientes que as companhias aéreas e as empresas de segurança reservam-se o direito de proibir ou limitar o transporte destes artigos por razões de segurança operaciona aérea.


Se tem dúvidas, pergunte!

Substâncias comuns de uso doméstico – como pesticidas, gasolina, tinta, aguarrás, álcool metílico, botijas de gás, materiais de limpeza de fogão e canalizações, lixivia, colas e aerossóis – são materiais potencialmente perigosos.

Se planeia transportar alguns objectos de uso doméstico, verifique se na embalagem existe algum símbolo indicador de perigo.

44.jpg

Se existir, pergunte a si próprio "Será que preciso mesmo de levar isto? Ou, será que posso comprar isto quando chegar ?". Se ainda tiver dúvidas, por favor contacte a companhia aérea em que vai viajar.

-->